Publicado em 24/04/2019 às 19h56 | |

Cerca de 45 mil pessoas sofrem de hipertensão em Camaçari

Foto: Divulgação

 Foto: Divulgação

26 de abril é o Dia Nacional de Combate a Hipertensão Arterial. Em Camaçari, de acordo com dados estatísticos do Ministério da Saúde, cerca de 45 mil pessoas  com idade acima de 18 anos sofrem com a doença. A hipertensão é um dos principais fatores de risco no mundo para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Para prevenir a doença e cuidar de pacientes hipertensos, a Secretaria de Saúde (Sesau) realiza uma série de ações durante todo o ano através das equipes das Unidades de Saúde da Família (USF) e Unidades Básicas de Saúde (UBS), juntamente com o Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF). Entre as ações, estão Grupos de HiperDia, que realizam atividades educativas contra o tabagismo, promovem atividades físicas para combater o sedentarismo, orientações nutricionais e muito mais.

Além disso, existem duas Academias da Saúde no município, uma no Ponto Certo e outra em Arembepe, onde são desenvolvidas práticas de atividades físicas orientadas e monitoradas como ginásticas, Lian Gong, pilates e acupuntura. Também são realizadas atividades educativas, fitoterapia, horta comunitária, auriculoterapia, reiki, entre outras atividades.

Para saber se você é hipertenso, basta procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência. “O melhor é mudar o estilo de vida para prevenir a hipertensão. Por isso, as unidades de saúde, assim como a Academia da Saúde, realizam durante todo o ano ações de prevenção promovendo mudanças no hábito alimentar e incentivando as pessoas a saírem do sedentarismo”, explica Elias Natan, secretário de Saúde de Camaçari.

No dia 26 de abril, a Secretaria de Saúde realizará a 4ª Edição do Sesau Mais Perto de Você, dessa vez no bairro Verdes Horizontes, onde também acontecerão ações de combate a Hipertensão como aferição de pressão, cálculo de IMC, estratificação de risco cardiovascular e ações educativas.

 

Comentários

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de Cidades