Publicado em 17/11/2018 às 23h30 | |

Polícia prende suspeito de assassinar pai e filho a facadas em Iguape

 

Policiais civis localizaram e prenderam o jovem suspeito de assassinar a facadas o idoso Horácio Neves Silva, de 73 nos, e seu filho Marcelo de Campos Silva, de 44, nesta sexta-feira (16), em Iguape, litoral sul do Estado de São Paulo. De acordo com a polícia, o ajudante geral Mairon Lima, de 19 anos, confessou o crime e alegou que as vítimas o tinham acusado de roubo. O suspeito foi visto fugindo do local, levando a bicicleta da companheira de Horácio. Conforme o delegado Carlos Ceroni, responsável pela investigação, Lima responderá por duplo latrocínio – homicídios praticados para roubar.

O rapaz foi preso à noite, próximo da região central da cidade. Inicialmente ele negou o crime, mas acabou confessando que matara pai e filho a facadas porque eles o tinham acusado de ter roubado dinheiro deles. Conforme a polícia, não houve registro do suposto roubo, mas o suspeito já tinha passagem por esse crime. Os corpos foram encontrados no interior do imóvel pela companheira do idoso. Os dois homens tinham ferimentos profundos no pescoço, peito e costas, além de cortes nos braços, indicando que tentaram se defender do agressor.

Depois de fugir do local dos crimes, Lima foi até sua casa e queimou as roupas e o tênis que ficaram sujos de sangue durante os assassinatos. Ele desmontou e escondeu a bicicleta furtada, que acabou localizada pela polícia. Ao ser abordado pelos policiais, o suspeito tentou esconder ferimentos nas mãos causados pela reação das vítimas. Lima foi levado para a cadeia pública de Iguape e deve ser transferido para um Centro de Detenção Provisória (CDP). Até a manhã deste sábado (17), ele não tinha constituído defensor. Conteúdo Estadão.

Tags

sem tags

Comentários

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de Polícia