Publicado em 10/08/2018 às 10h31 | |

Cervejaria avalia fechar fábricas no Nordeste

 

Está ficando cada vez mais complicada a situação econômica do Brasil, e isso tem afetado diretamente na elevação dos indicadores de desemprego em todas as regiões do país, principalmente no Nordeste.

Uma nova informação tem preocupado ainda mais, isso porque a Heineken, dona da Brasil Kirin, avalia fechar fábricas no Nordeste. Segundo o jornal Valor, o grupo enfrenta complexos processos judiciais herdados na compra da Brasil Kirin.

Na época da aquisição, a companhia holandesa dobrou de tamanho e pagou 65% menos do que os japoneses da Kirin haviam pago seis anos antes. Junto com as 12 fábricas, que elevaram a capacidade de produção de 20 milhões de hectolitros para 50 milhões, os holandeses herdaram os imbróglios judiciais que se arrastam por anos e, agora, a cúpula estuda a possibilidade de encerrar as atividades em algumas unidades.

Tags

sem tags

Comentários

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de Noticias