Publicado em 14/04/2018 às 07h10 | |

Bolsonaro é denunciado por racismo

Multa pode chegar a R$ 400 mil além da pena de três anos de reclusão

 

O deputado federal e pré-candidato a presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL-RJ), foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República (PGR), pelo crime de prática de racismo contra quilombolas, indígenas, refugiados, mulheres e LGBTs (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros).

A denúncia foi apresentada na última sexta-feira (13), e se refere a um episódio de abril de 2017 onde o deputado, em discurso no Clube Hebraica do Rio de Janeiro, usou nos termos da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, “expressões de cunho discriminatório, incitando o ódio e atingindo diretamente vários grupos sociais”.

A denúncia da PGR qualifica ainda a conduta de Bolsonaro como “ilícita, inaceitável e severamente reprovável”. Caso condenado, o deputado deverá pagar no mínimo R$ 400 mil por danos morais coletivos e cumprir pena de reclusão de um a três anos.

Tags

sem tags

Comentários

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de Política