10/02/2019 às 14h40 |

Anderson Silva perde para Adesanya em retorno ao UFC

Com a vitória sobre Anderson, Adesanya melhora ainda mais seu cartel, ainda sem conhecer uma derrota sequer no MMA

Anderson Silva e Israel Adesanya, na luta principal do UFC 234, em Melbourne, na Austrália

 Anderson Silva e Israel Adesanya, na luta principal do UFC 234, em Melbourne, na Austrália

 Anderson Silva voltou ao octógono e foi superado por srael Adesanya, na madrugada deste domingo (10), após dois anos. Um encontro de gerações, o brasileiro foi derrotado por decisão unânime dos árbitros em duelo do peso médio na luta principal do UFC 234, em Melbourne, na Austrália. Foi a primeira luta do "Spider" após dois anos afastado do Ultimate.

Anderson Silva voltou a lutar pela primeira vez desde fevereiro de 2017, depois de uma longa suspensão por doping, e com 43 anos. Foi digno, porém, do lutador dos velhos tempos. Só que, apesar de uma boa luta, o brasileiro acabou derrotado pelo nigeriano Israel Adesanya no UFC 234.

A diferença de idade entre os dois era de 13 anos, o que, claro, pesava para o favoritismo de Adesanya, uma das grandes promessas entre os pesos médios do UFC. No entanto, o tempo parado não parece ter afetado o “quarentão” Anderson Silva, que conseguiu equilibrar o duelo.

No fim, contudo, Adesanya confirmou a vantagem apontada antes do duelo e levou a vitória na decisão unânime dos jurados, com placares de 29-28, 30-27 e 30-27. “Foi como jogar basquete com Michael Jordan”, elogiou o nigeriano, logo após o anúncio do triunfo, ainda no octógono.

Com a vitória sobre Anderson, Adesanya melhora ainda mais seu cartel, ainda sem conhecer uma derrota sequer no MMA. Em 16 combates até aqui, foram 16 vitórias.

Comentários

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de UFC