06/08/2017 às 22h02 |

O encerramento do IX Open de Capoeira lota Teatro da Cidade do Saber

O evento ocorreu na manhã deste domingo, em Camaçari, e contou com a participação de capoeiristas do Brasil e do mundo

Foto: Portal Abrantes

 Foto: Portal Abrantes

Com o Teatro da Cidade do Saber lotado, encerrou na manhã deste domingo (06/09) o IX Open Camaçari de Capoeira. Capoeiristas do Brasil e que estão em vários países do mundo participaram desse evento, que é um dos maiores  da Bahia. O prefeito de Camaçari Antônio Elinaldo e sua esposa Ivana Paula, o vice prefeito José Tude, os vereadores Flávio Matos, Gilvan Souza, Adauto, a Secretária da Cultura, Márcia Tude, entre outras autoridades estiveram presentes no encerramento. 

 Perguntado sobre se hoje ele sairia do evento com um outro olhar para a cultura local, o prefeito  Elinaldo disse que sim, e também acrescentou que ficou emocionado pela grandiosidade do evento.

“Com certeza!  A partir de hoje temos que chamar a nossa Secretária da Cultura, Marcia Tude, que já está fazendo um bom trabalho, e conversar com todos aqueles que fazem a cultura, procurar ouvir e fortalecer. Nós estamos fazendo a cultura e o esporte com a lei orçamentaria que encontramos quase zerado. O ano que vem vamos discutir com a Câmara, equipe técnica e separar o que é da cultura e o que é do esporte”, disse.

Questionado pelo Portal Abrantes sobre qual promessa ele faz para a cultura e principalmente com o Conselho de Cultura, Elinaldo disse que está arrumando a máquina.

“O conselho de cultura zerado, é o que está acontecendo também com o serviço social, com a saúde e a educação. Falta dos últimos gestores que não se preocuparam com os recursos federais e com o ministério.  Nós estamos organizando, pois nesse momento de crise vivemos com dificuldades. Estamos arrumando a máquina e posso dizer que agora vai”, ressaltou o prefeito.

O vice-prefeito, José Tude (PMDB), lembrou de alguns momentos em que esteve com o Grupo Engenho, no início do projeto e contou que está feliz em ver o resultado.

“É algo que, quando eu olho para trás, enxergo que nós tivemos momentos importantíssimos, pequenos, mas significativos. Tempos atrás eu encontrei o Mestre Grandão com um grupo pequeno, sem uniforme, precisando de apoio, e naquela época nós demos os uniformes e ajudamos. E está aí o resultado.  Esse Grupo Engenho que cresceu e faz um trabalho beliquíssimo em Camaçari, com tanta gente, não a penas no município, mas espalhados pela Bahia, pelo Brasil a fora, e mais ainda pelo exterior. Com vários mestres representando a nossa capoeira e mostrando que a capoeira também constrói cidadania", falou José Tude.

“Eu estou muito feliz porque parece que conseguimos tocar o coração de quem tem a chave do cofre. Isso para mim é fundamental, pois estamos acostumados com uma cultura de montar uma estrutura de palco. E a nossa verdadeira cultura hoje, necessária e fundamental é transformar a vida de quem mais precisa, levando atividades culturais para as comunidades, mas a capoeira já está em todas as comunidades. O que temos mesmo é que ajudar, colaborar, fomentar, encontrar caminhos para que isso se multiplique e abranja mais e mais crianças, na capoeira, esporte, teatro, música, e literatura”, ressaltou a Secretária da Cultura, Márcia Tude.

"O Mestre Grandão está de parabéns em realizar um evento tão grande como esse. A capoeira é uma modalidade bem presente no nosso município. Nós temos que povoar a cidade com os eventos esportivos, uma vez que uma criança saindo com uma chuteira, com uma calça de capoeira, um cordel na cintura, eles estão saindo da criminalidade. Isso é o que importa. Acho que o prefeito Elinaldo tem se preocupado com essas questões e  2018 promete", diz o vereador.

"É importante para a nossa cidade ter um grupo de capoeira tão conhecido como o Grupo Engenho, que pratica esporte no nosso município. A capoeira é um atrativo para tirar os jovens do mundo que não oferecem nada para eles. E o Mestre Grandão faz um grande trabalho em várias comunidades da Orla e de Camaçari como um todo", disse o morador da Cordoaria e pai de aluno do grupo, José Angelino.

Vice prefeito Tude

 

 

 

Tags

sem tags

Comentários

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de Outros esportes