Curta a nossa página
18/11 18h23 2017 Você está aqui: Home / Politica Adelmo Borges Imprimir postagem

Frustação

Você está aqui: Home / Politica - com Adelmo Borges

A atividade politica em Camaçari caminha em direção ao ralo. Sem encontrar meios de dirimir as dificuldades que a administração municipal encontra para se comunicar efetivamente com a população, servindo-se de uns poucos adeptos que num esforço hercúleo usam das redes sociais para difundir informações e argumentações em defesa da gestão, estoura o indefensável anuncio da pratica de nepotismo cruzado com a Câmara Municipal de Salvador sob a égide do prefeito Elinaldo e o líder dos democratas ACM Neto. Para a opinião pública está mais que explicado as razões que levaram o alcaide a permitir o aparelhamento da administração municipal por parte dos caciques do DEM, resultando na nomeação dos principais cargos, assim como na efetivação de contratos com dispensa de licitação de empresas vinculadas aos interesses partidários.

 
A ducha fria cai por suas cabeças juntamente quando a situação busca colocar no colo da oposição o episódio do incêndio dos documentos do Programa Minha Casa Minha Vida na Seinfra e a prisão de possíveis responsáveis vinculado à gestão anterior.
 
Comenta-se no palácio municipal que o esforço dispendido na manutenção dos postos de saúde e nas principais vias publica do centro da cidade não consegue superar a frustação da população diante da imposição do Ministério Público em relação à cobrança das taxas aos permissionários do Centro de Abastecimento, as medidas de supressão dos benefícios adquiridos pelos servidores públicos, as ações de ordenamento dos ambulantes, das multas aplicadas pela STT e da incapacidade de atendimentos essenciais à população. Comenta-se que levantamento realizado aponta uma posição abaixo de dois dígitos de aprovação da administração Elinaldo / Tude, agravada com essa denuncia de promoção financeira de familiares.
 
A população jogou todas as pules na nova gestão, depois do desastre da administração de Ademar Delgado, onde os desentendimentos e a incompetência promoveu a estagnação do desenvolvimento do município. Esperava-se que o mundo maravilhoso das promessas de campanha agasalhasse melhoria dos serviços públicos, valorização do servidor, participação, transparência e responsabilidade com o erário público.
A população está órfã, sem ter a quem recorrer. As lideranças perderam a credibilidade. A Câmara de Vereadores é um faz de conta quando não se direciona para seus interesses pessoais e corporativos.
 
Quem viver verá.
 
Adelmo Borges.

 


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicações relacionadas