Curta a nossa página
09/11 07h56 2017 Você está aqui: Home / Politica Domingos Silva Imprimir postagem

A Gente Sente Saudades e eu vou direto ao Ponto

Você está aqui: Home / Politica - com Domingos Silva

A gente sente saudades. Foi desse modo que o encarregado de elétrica manifestou sua reclamação pela minha ausência no ambiente da obra. Prometo que volto la assim que puder. Diga pras meninas guardarem um saco dos deliciosos biscoitos de Maragogi mais uma xícara  de café. Disso eu tenho saudades. A mesma saudade devem estar sentindo os leitores do portal (desculpem o gerúndismo - devem estar sentindo. Eu poderia evitar isso trocando a frase por outra do tipo "imagino que os leitores do portal estejam sentindo a mesma saudade").  A palavra certa é trocar ou substituir? A gente troca de roupa ou a substitui? A gente troca os representantes ou os substitui? E a opiniao, a gente troca ou substitui? E a saudade, heim gente? A gente troca ou substitui? ...

 

Deixei três pontinhos de propósito (no meu tempo a chamava esses três pontinhos de reticências) . Deixei de propósito pois pendei que vocês devem ter parado a leitura e pensado: "lá vem o cara cheio de idéia, fazendo a gente parar pra pensar. Bicho pretensioso. Faz isso não, sô! Isso dói." como vocês não podem ver a minha cara de sarcasmo eu vou expressá-lá "whatsappeanamente": kkkkk. Pena que este "tablet" em que escrevo é antigo e não tem como inserir no texto um "emoticom", aquela carrinha sorridente.


De qualquer sorte, como disse meu amigo Heráclito, o filósofo, há vinte e cinco séculos, ninguém se banha duas vezes no mesmo rio. Da segunda vez já será outra água, pois a primeira já vai longe. E na segunda vez, ninguém é o mesmo da primeira, por mais curta que seja o intervalo. Terão ocorrido, no mínimo, mudanças biológicas (a quantidade batimentos cardíacos já nao é a mesma). Tá bom, mas o que isso tem a ver com saudade? Sei não. Responde tu.


 Eu preciso me penitenciar, pois cometi uma falta grave. Nao estou falando do gerundismo não. Estou falando do meu pecado de nao ter escrito nada nesse tempo em que tantos precisam de uma palavra. A omissão pode ser um crime grave. Num pais onde poucos escrevem ou em qualquer outro, escrever é sempre um ato pedagógico. E este país precisa mais do que nunca de atos pedagógicos pois os atos  antipedagógicos estão saindo pelo "ladrão". Me desculpem as aspas mas este é um exercício pedagógico. E que saiam. Saiam todos. Os ladrões e seus atos.


A gente sente saudades. Dizem que a palavra saudade só existe na lingua portuguesa. Claro. Em outra lingua seria outra palavra. Mas o que quero dizer é que é uma palavra única com um sentido único. Caso raro nesta tão rica língua.


Pra sentir saudades comparamos o momento presente com um momento que vivemos outrora. O que temos ou não como que tínhamos ou não.  Mas só dá saudades se o passado foi bom de algum modo. O que era bom pra uns não era no pra outros. Bom ou ruim é uma questão de ponto de vista.
Andávamos pela estrada batida a qualquer hora da noite, em grupos de amigos e pais. Sem eletricidade, sem assaltos e sobressaltos.
Paro por aqui pra não cansar. Espero que tenham achado a leitura gostosa. A gente se vê na próxima.

 

Domingos Silva 


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicações relacionadas