Curta a nossa página
19/09 20h05 2017 Você está aqui: Home / Politica Adelmo Borges Imprimir postagem

Razões politicas

Você está aqui: Home / Politica - com Adelmo Borges

A pesquisa CNT/ MDA publicada nesta terça (19.09) detecta um avanço expontaneo de Luiz Inácio da Silva (20%) e Jair Bolsanaro (6,3%), distanciando dos demais competidores . Os dados foram coletados em 15 de setembro e demonstra que as delações de Antonio Palocci no dia 05.09 não produziram efeitos negativos na intenção de votos dos eleitores, assim como a caravana realizada pelo preferido na região do nordeste. A diferença que se atribui aos resultados é que Lula tem uma proposta já expostas e do dominio da população, Bolsanaro  não consegue, ainda, definir um projeto de governo ficando nas questões pontuais, muita bravata de pouco impacto.

No mesmo documento apresentado pelo CNT/ MDA verifica-se a continua queda da aceitação do governo Temer (2,4%), que até então não atingiu 5 pontos percentuais, mesmo com as noticias de melhora economica com inflação baixa. Em tese a fragilidade do governo potencializa o congresso dando margens a barganhas dos deputados e senadores para votação de matérias importantes, tais como as reformas e as referentes a julgamento de atos denunciados pelo Ministério Publico indicando formação de quadrilha e obstrução à justiça.

A expectativa que reina no universo politico brasileiro e entre os estudiosos sociais e economicos dirigem-se para a presença de Raquel Dogge no comando do Ministério Público Federal em substituição a Rodrigo Janot, que se obsteve de mensionar a operação Lava a Jato em seu discurso de posse, mais ainda pela iniciativa em substituir um grande numero dos procuradores que trabalhavam com a questão.

Observa-se que a ultima peça produzida pela equipe de Janot que envolve a cupula do PMDB e conclui com o pedido de indiciamento de Temer por formação de quadrilha e obstrução à justiça traduz o universo criminoso sob as finanças publicas e explicita a devastadora promiscuidade entre os entes públicos e a iniciativa privada nos umtimos 30 anos. O documento de aproximadamente 200 folhas descreve os mecanismos de sobpreço nos serviços prestados a união, estado e municipios, o conluiu na liberação de emendas parlamentares, a manutenção de pessoas nos mandatos e a indicação de outras para postos chaves da administração. No que foi descrito, aproximadamente 5 trilhões de reais foram desviados de suas finalidades e muitos desses valores depositados em contas em paraisos fiscais.

A leitura atenta do documento leva a considerar que o debate evidente entre esquerda e direita brasileira é equivocada. Não há inocente na busca e manutenção do poder. Caminhar na perpesctiva de estipar da vida pública os marginais é imperativo. Assim sendo poder-se-a pensar em reverter esses desvios financeiros em beneficios de serviços essenciais à população na busca de redução da perversa desigualdade a que foi submetidos.

Adelmo Borges

   


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicações relacionadas