Curta a nossa página
13/04 12h38 2017 Você está aqui: Home / Sociedade Imprimir postagem

O Tempo e a Falência do Mal

.

Você está aqui: Home / Sociedade - com

A maldade parece ser um mal funcionamento do bem por interferência de agentes como a ignorância, inercia e ganancia, mas todos os caminhos apontam para uma humanidade próspera e livre da maldade pois, o mal é um subproduto das nossas limitações e ignorância e por si só não se sustenta por muito tempo; tempo é a chave de tudo, principalmente quando não precisamos dele e temos toda a eternidade a serviço da evolução.


O Dr. Robert Lanza criador da teoria do Biocentrismo Quântico, vem tentando estabelecer com relativo sucesso uma relação da consciência com a origem da  matéria, onde a consciência seria a força criadora maior de toda matéria do universo e portanto nossos corpos seriam invólucros conduzidos por nossa consciência ativa, controladora e mantenedora da vida, segundo ele ao morrermos nossa consciência  transfere-se  para outra vida ou outro universo, “teoria do multiverso,” o mais interessante é que pela primeira vez a possibilidade de reencarnarmos está sendo abordada de uma forma cientifica com possibilidades reais de sucesso.


Nós, pessoas comuns vivemos a serviço da noção frágil de nosso tempo biológico, tudo o que planejamos, vivenciamos  e até mesmo ambicionamos é regido por uma força temporal, pois temos medo de que a morte seja o fim de tudo, medo que a decrepitude nos limite às ações motoras, medo da dor, do sofrimento físico, emocional que por ventura tenhamos ou possamos submeter a outros já que nossos corpos biológicos são evolutivamente ineficientes e frágeis, reúnem alto grau de complexidade fisiopsicológica com baixo nível de resistência orgânica e temporal.


Algumas religiões sempre pregaram a reencarnação e a vida consciente como fonte eterna de existência, a exemplo do espiritismo, budismo, taoísmo e afins, e agora elas estão alinhadas de forma real com a ciência, tendo a luz dos novos fatos trazidos pelo BIOCENTRISMO do Dr. Lanza, isso traz esperança no futuro, uma esperança real de que em um futuro próximo, os homens creiam na vida eterna da consciência como creem hoje nos celulares e nas imagens de satélite. 


Agora vislumbrem um universo onde  o tempo  não seria mais um inimigo comum, os objetivos e o planejamento para o futuro mudariam completamente  em uma nova é perspectiva  onde os seres humanos teriam toda a tranquilidade do mundo para vivenciarem uma consciência plena e eterna, que sentido haveria nas guerras por poder, território e principalmente na maldade? Pensem o quão insignificante seriam as inclinações para o mal? Nem fariam diferença e seriam absorvidas por um universo consciente de sua plenitude, ou seja, seriamos todos felizes com as nossas imperfeições e com os nossos pequenos problemas inerentes da consciência humana e então as palavras do Mestre no evangelho de João seriam trazidas a tona: “ e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. João 8:32.

Um breve histórico do Dr. Lanza e sua teoria.

O Dr. Robert Paul Lanza, nascido em 1959, é considerado um dos maiores cientistas  da atualidade. 


Médico pesquisador, é especializado em medicina regenerativa à nível celular (histologia regenerativa) e, por força de suas pesquisas, um estudioso de áreas de ponta, como a física moderna (quântico-relativista). Entre outras funções, ele é chefe de pesquisas do Advanced Cell Technology e professor do Institute for Regenerative Medicine, departamento do Wake Forest University Scholl of Medicine, todas situadas nos EUA. Robert Lanza ficou famoso por suas pesquisas com células-tronco e clonagem de seres vivos, em especial como meio de preservação em favor de espécies ameaçadas de extinção. Não bastasse seu currículo repleto de contribuições científicas de ponta, Dr. Lanza lançou, em 2008, um livro em que faz um levantamento do que a ciência atual entende sobre a vida e que é voltado para a instrução  e atualização do público geral com um nível médio de conhecimento científico, intitulado “O biocentrismo: Como a vida e a consciência são a chave para entender a natureza do Universo”.

 

Colunista colaborador do Portal - Miguel Simões 


Um breve histórico do Dr. Lanza e sua teoria.


O Dr. Robert Paul Lanza, nascido em 1959, é considerado um dos maiores cientistas  da atualidade. 


Médico pesquisador, é especializado em medicina regenerativa à nível celular (histologia regenerativa) e, por força de suas pesquisas, um estudioso de áreas de ponta, como a física moderna (quântico-relativista). Entre outras funções, ele é chefe de pesquisas do Advanced Cell Technology e professor do Institute for Regenerative Medicine, departamento do Wake Forest University Scholl of Medicine, todas situadas nos EUA. Robert Lanza ficou famoso por suas pesquisas com células-tronco e clonagem de seres vivos, em especial como meio de preservação em favor de espécies ameaçadas de extinção. Não bastasse seu currículo repleto de contribuições científicas de ponta, Dr. Lanza lançou, em 2008, um livro em que faz um levantamento do que a ciência atual entende sobre a vida e que é voltado para a instrução  e atualização do público geral com um nível médio de conhecimento científico, intitulado “O biocentrismo: Como a vida e a consciência são a chave para entender a natureza do Universo”.

Colunista colaborador do Portal - Miguel Simões 


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicações relacionadas