Curta a nossa página
17/09 06h31 2018 Você está aqui: Home / Literatura Jussara Pires Imprimir postagem

A nossa sociedade é montada como uma pirâmide, onde a elite está no topo e o povo está na casta mais baixa. E a história conta que, desde muito tempo, a casta mais alta mantém controlada a extensa casta baixa; por coação. E, é através das castas medianas que garante-se que isso aconteça.  Sempre foi assim e nunca ninguém conseguiu mudar.

Um cachorro, por exemplo, quando doutrinado para ser um bom cão de guarda, é domado por instrutores para atender a certos comandos. E por mais valente que seja o cão, ele sempre irá obedecer na hora de parar; e por mais sereno que seja o cão, ele sempre irá obedecer na hora de atacar.  Assim é o homem das castas, um cão treinado para obedecer; que ladra, ladra mais não morde ou simplesmente morde na hora que não ladra.  Porque sua coleira é ajustada para mantê-lo sempre à espera da palavra certa. Sem isso, ele não consegue fazer nada.

Doutrinado, domado, mesmo sem saber, o homem se torna fera. E como fera, ele é a arma mais letal entre todas as armas; não porque ele possa matar, mas porque ele pode ser manipulado ou, pode manipular outras feras a agirem como ele na hora certa. Mas na maioria das vezes, o verdadeiro culpado de puxar o gatilho, não é o criminoso que está atrás da arma; ele é só mais uma vítima, não passa de mais uma carta marcada para encobrir quem está dando as cartas.  

E o comando desce como cascata, do topo da pirâmide, do primeiro até o último atirador.  E apesar das castas mais altas se considerarem superiores às outras castas, elas também não passam de feras necessárias à sua causa; hora arma, hora atirador.  E, sem esquecer que as armas se tornam descartáveis quando perdem suas balas. Então, independente de qual casta pertença, sendo a arma ou o atirador, fará o que for designado a fazer, dependendo só do comando que irá receber.

Concluindo: atrás de uma arma sempre há um atirador, autorizado ou não a matar. Mas, o primeiro a apertar gatilho, quem será? Quem comanda a esfera? Com certeza eu não sou.  E você, fera, quem é? É a arma ou o dedo do atirador? 

 

Jussara Pires colunista colaboradora


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados