Curta a nossa página
12/07 19h21 2018 Você está aqui: Home / Politica Adelmo Borges Imprimir postagem

O tempo não para

Você está aqui: Home / Politica - com Adelmo Borges

Aproxima-se do segundo ando do mandato de Elinaldo-Tude. Estamos a pouco mais de 90 dias das eleições majoritárias e o governo local ainda não comtemplou a população com um fato politico que direcione o sentimento para dias melhores. O que se abstrai é que não há um planejamento que oriente a administração para um desenvolvimento que garanta uma prestação de serviços de saúde, educação, mobilidade, limpeza, moradia, cultura, lazer e oportunidade de trabalho que possa nutrir a sociedade camaçariense de esperança no futuro.

Alguns serviços em sido realizado, típico de manutenção da rotina, a exemplo da requalificação de vias, tapa-buracos, passeios, etc. Mesmo assim a requalificação da entrada da cidade (Av. Getúlio Vargas), anunciado o início a quase 90 dias, pouco foi efetivado. A população, até mesmo os que lutaram para eleger os atuais gestores, começam a perder a paciência e utilizar as redes sociais para oferecerem críticas, muitas contundentes e irritadiças.

Pelo que se percebe inexiste uma orientação de trabalho voltada para atingir um objetivo, assim como um entrosamento entre as setoriais que sistematize um sentimento de complementariedade, mais uma departamentalização excessiva e individualismo entre os setores de maneira a satisfazer preocupações políticas próprias. Se isso se constituir em verdade o que se pode esperar é um naufrágio eleitoral em outubro que se refletirá nos dois anos seguintes do mandato e por consequência no pleito de 2020.

Pelo espelho, o que se reflete até o momento é que o candidato de DEM não possui capacidade politica para o enfrentamento com o atual governador do estado Rui Costa e sem um cabeça de chapa forte fatalmente os pleitos para o senado, assim como para deputado (estadual e federal) deve sofrerem, mesmo que se confirme a tendência de cada um tentar resolver suas questões individualmente. Outro fator preocupante é que o prefeito Antônio Elinaldo não está conseguindo conduzir seus colaboradores e admiradores para os candidatos de manifestados como de sua preferência. As informações que circulam na mídia e nas redes sociais é que os vereadores da base se dividem em suas preferencias, assim como auxiliares e admiradores mais próximos, deixando entender que estão sem comando. O tempo não para, não espera, e em poucos dias saberemos os resultados.

Adelmo Borges.


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados