Curta a nossa página
08/04 19h18 2018 Você está aqui: Home / Politica Adelmo Borges Imprimir postagem

Algumas atividades humanas, além de serem fundamentais, guardam uma importância pela natureza de ser penetrante na sociedade e particularmente na vida das pessoas com a capacidade de provocar transformações. Não estamos se referindo a atividades religiosas que pelas características do Sagrado se colocam acima de interpretações e comentários dos indivíduos praticantes, a não ser em deferências ao DEUS incontestável. Estamos a dirigir as afirmações a profissões prazerosas a exemplo dos artífices, artistas, escultores, engenheiros arquitetos, filósofos, sociólogos, gestores públicos e políticos para não me estender muito. 

Algumas pessoas hão de estranhar a inclusão dos gestores públicos e dos políticos nesta listagem de atividades privilegiadas e fundamentais à vida das pessoas. Há de se observar que desde a idade média os políticos e os gestores públicos interferem no rumo da historia social e econômica dos países terrenos, determinando os avanços obtidos através da ciência e da tecnologia assim como  obstáculos que determinaram, além dos conflitos, devastação de recursos naturais à edificação de ideologias que direcionam as condições de vida da população.

Os gestores públicos e os políticos exercitam suas atividades em cargos de representação, com autoridade delegada para gerenciar recursos financeiros do acumulo da sociedade, conceitualmente e legalmente determinados para gerar a ordem e o bem público.

No momento contemporâneo, pessoas delegadas para exercerem a administração de bens públicos são vistas contraditoriamente como autoridades e para se credenciarem para os cargos, necessariamente não precisam provar capacidade para o exercício do cargo. Observa-se que uma figura com eloquência verbal, com capacidade de envolvimento e de articulação entre os dirigentes de instituições partidárias, organizações da sociedade e parceiros empresariais são aptos para, no só para cargos nos parlamentos municipais, assim como a lideres nos estados e à titularidade da federação. Verdade que tais condições têm relação direta com a condição cultural e consciência política de cada sociedade eleitora. 

“Cada povo tem o governo que escolhe e merece”. Esta frase que passei a ouvir durante meus quase 70 anos de vida não reflete a força da indução e da influencia exercida pelas forças que detém o poder econômico na busca para manter a maioria da população no nível da vulnerabilidade permissível para a manipulação e da ilusão que um novo messias possa vir a salvar da condição de péssima prestação de serviços de educação e saúde, mobilidade urbana, esporte e lazer e a segurança que retira da sociedade, notadamente, jovem desassistidos de políticas públicas, causando aflição à professora Babalu a cada perda de mais um aluno.

Estamos a presenciar a votação e definição de uma “reforma política” pela Câmara Federal e pelo Senado Nacional e o mar de negociações nem sempre saudáveis, cujos interesses em jogo aprofundam ainda mais as distorções em detrimento dos interesses da sociedade e do país, sem que a população se mobilize para uma reação em massa como ocorreu em junho de 2013 e durante a realização da Copa do Mundo. Pelo que se observa até então tudo continuará como antes.

 

Adelmo Borges.


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados

Publicações relacionadas