Curta a nossa página
10/09 17h07 2018 Você está aqui: Home / Brasil Portal Abrantes/Folhapress Imprimir postagem

Mais de 100 detentos fogem de presídio

Um Policial Militar foi baleado na cabeça

Ao menos 64 detentos que escaparam de presídio de segurança máxima em João Pessoa seguem soltos após fuga na madrugada desta segunda-feira (10). No total, 105 presos fugiram da penitenciária Romeu Gonçalves Abrantes – PB1, que fica em uma área de mata no bairro do Jacarapé. O número equivale a 15% do contingente até então abrigado na unidade.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social da Paraíba informou que 41 já foram recapturados. Durante a fuga, houve confronto com policiais e agentes penitenciários. Na sequência, em operação de recaptura um tenente da PM foi baleado na cabeça. Erivaldo Moneta da Silva está internado e seu quadro é considerado “gravíssimo”.

Segundo a Secretaria da Administração Penitenciária, a fuga dos detentos teve ajuda externa. Um grupo armado com cerca de 20 homens com fuzis e explosivos atacou o presídio -o seu portão principal, de mais de 5 metros de altura, foi arrombado com uma explosão.

O principal objetivo da ação seria o resgate de quatro integrantes de uma quadrilha que explode caixas-eletrônicos e carros-fortes com atuação em várias regiões do Brasil. Eles haviam sido presos no mês passado, em Lucena, vizinha à capital João Pessoa.

A intensa troca de tiros entre criminosos e policiais foi filmada por moradores. Desde a madrugada, muitos vídeos circulam pelo WhatsApp. Fotografias mostram o portão principal de ferro retorcido. A polícia investiga ainda se os criminosos realizaram ação simultânea para bloquear a rodovia estadual PB-108, onde o tenente da PM foi baleado. As diligências para a recaptura dos presos prosseguem, e um inquérito policial foi instaurado para apurar a fuga. Mil policiais estão nas ruas de João Pessoa para reforçar a segurança.

As aulas do Centro de Informática e do Centro de Tecnologia Regional da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), próximos à unidade prisional, foram canceladas na manhã desta segunda-feira. Três escolas municipais e seis postos de saúde também fecharam as portas.


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.