Curta a nossa página
26/05 16h49 2018 Você está aqui: Home / Agricultura e Pesca Portal Abrantes Imprimir postagem

Com a greve dos caminhoneiros, botijão de gás é vendido por até R$ 120

Os preços abusivos cobrados pelos botijões de gás, podem ser reflexos da escassez do produto.

Completando seis dias neste sábado (26), a greve de caminhoneiros provoca falta de gás de cozinha nas revededoras da capital baiana e de cidades do interior do estado. Os poucos lugares que ainda ofertam o produto na capital baiana estão inflacionando o preço do botijão e chegam a cobrar R$ 120. Valor que é 85% a mais do que era vendido antes do protesto dos caminhoneiros.

 O valor médio do preço do botijao de 13Kg é R$ 65. Em alguns estabelecimentos, o valor do botijão varia entre R$ 70 e R$ 80, antes da greve dos caminhoneiros, segundo o Sindicato dos Revendedores de Gás LP do Estado da Bahia (SINREVGAS).

Os preços abusivos cobrados pelos botijões de gás, podem ser reflexos da escassez do produto. Na manhã deste sábado, o G1 entrou em contato com oito revendedoras da cidade, nos bairros de Periperi, São Marcos, Cajazeiras, Dois de Julho, Federação, Comércio, Pituba e Stiep. Seis delas informaram que não tinham mais gás disponível.


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Notícias relacionadas