Curta a nossa página
06/05 10h21 2018 Você está aqui: Home / Meio Ambiente Bruno Moreno Imprimir postagem

Audiência pública discute implantação do Parque das Dunas em Vila de Abrantes

Na manhã do último sábado (05), populares e autoridades se reuniram em uma audiência pública realizada na Associação Beneficente de Jauá (ABJ), para discutir a implantação do Parque Municipal das Dunas de Vila Abrantes.

O Parque Municipal foi criado há 41 anos, pelo Decreto-Lei Nº 116/77, porém até hoje ele nunca foi implantado. O objetivo agora é instituir o Plano de Manejo, com administração e fiscalização para que o projeto saia do papel. 

Presente na audiência, o prefeito Antônio Elinaldo conversou com a nossa equipe e parabenizou a iniciativa. “Gostaria de parabenizar todas as pessoas pelo empenho, o governo não faz nada sozinho e eu fico feliz quando a população se mostra preocupada com a situação ambiental da localidade. Nós não vamos medir esforços para fiscalizar e fazer a implantação ser cumprida, vamos combater fortemente esses crimes ambientais em todos os 42 quilômetros de Orla”, afirmou o prefeito. 

Para o vereador Gilvan Souza, é preciso pensar em conscientização. “Essa é uma audiência planejada, pois se trata de uma pauta antiga e histórica. Precisamos fazer um trabalho de conscientização visando a garantia do futuro do meio ambiente. Não podemos discutir essa pauta sem pensar no mercado de trabalho, no fomento econômico, além da inclusão plena”, ressaltou.

“Precisamos fazer com que as pessoas enxerguem que não é só preservar e sim pensar no futuro e no contexto que é fundamental para a sociedade. Assumimos aqui o compromisso com a necessidade de se ter o marco histórico para criar a consciência da preservação. Vou para a Câmara fazer com que os pares entendam o que foi discutido aqui e juntos possamos criar uma pauta coletiva”, completou o vereador.

Segundo Geneci Braz, coordenador da Área de Proteção Ambiental Joanes-Ipitanga, o Parque tem uma importância estratégica. “A localização desse parque está em uma região estratégica do ponto de vista da preservação ambiental e do turismo, uma vez que ela é bastante rica em recursos ambientais. Esse ecossistema contribui para a manutenção do equilíbrio dos serviços ambientais que são oferecidos para a sociedade de uma maneira geral”.

“A proposta de criação do Parque é justamente para coibir as ações degradantes que vem acontecendo nessas áreas, a ideia é fazer uma unidade de conservação que vise a proteção desde a área de Busca Vida até Jauá. Acredito que esse momento foi muito importante para levar a discursão para a sociedade contribuindo para a criação efetiva dessa unidade de conservação” Disse o coordenador.

Segundo o deputado Estadual, Marcelino Gallo, esse é o momento de retomada. “Essa foi uma audiência extremamente importante nesse momento de retomada. Tivemos o objetivo de mobilizar, e reanimar e conseguimos trazer autoridades que estão diretamente ligadas a essa resolução”.

“Precisamos da força da comunidade e da participação popular, esse parque é fundamental, pois ele valoriza e preserva a cultura local. Todos aqui hoje assumiram o compromisso de ampliar essas discursão” concluiu o deputado.


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Notícias relacionadas