Curta a nossa página
06/12 23h03 2017 Você está aqui: Home / Lauro de Freitas Portal Abrantes Imprimir postagem

Ambulantes são credenciados para festas de Verão em Lauro de Freitas

Os ambulantes de Lauro de Freitas e região têm até o próximo sábado (9) para se cadastrar para as festas de Verão no município. A ação, voltada exclusivamente para o trabalhador informal, teve início nesta quarta-feira (6), com atendimentos feitos por equipes da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Uso do Solo (Sedur) na Casa do Trabalhador (CT), localizada à Rua Euvaldo Santos Leite, no Centro, das 8h às 17h.

De acordo com a coordenadora do cadastramento, Débora Bacellar, a organização é direcionada aos eventos oficiais da Prefeitura. “O interessado deve comparecer à  CT munido de cópias do RG, CPF e comprovante de residência. Para os que utilizam veículos é necessário apresentar o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) do ano em exercício”, completa.

No sábado (9), o atendimento é direcionado aos ambulantes de outras cidades, com expediente reduzido das 8h às 12h. O cadastro é válido por seis meses e custa no ato da inscrição R$24,47.  Durante as festas populares não será permitida a comercialização de produtos em carros de mão, fogareiros, churrasqueiras, nem bebidas pré-preparadas artesanalmente.

Também é proibido o uso de embalagens reaproveitadas, de louça, alumínio ou vidro - devem ser descartáveis. Todo material irregular será apreendido pelas equipes de fiscalização. “Ao preencher a ficha o trabalhador descreve seu material para desenvolvimento de suas funções. Nós estamos elaborando ainda credenciais que identificaram cada ambulante com o nome, data e evento”, frisou Débora.

Vendedora ambulante há quase dez anos, Zélia Chaves elogiou a iniciativa. Ela aproveitou a calmaria do primeiro dia para realizar seu cadastro. “É importante ter esse controle, saber quem são as pessoas que estão ali, o que estão oferecendo à população”, destacou ela que é mãe de três crianças e disse aproveitar a alta estação para complementar o orçamento doméstico. “Nas lavagens, festas de largos e nas comemorações religiosas, como a festa de Iemanjá, tiro um extra para fazer coisas que com o meu salário não faria”, exemplificou.

 

 

 

ASCOM


 


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Notícias relacionadas