Curta a nossa página
28/11 22h54 2017 Você está aqui: Home / Publicidade Portal Abrantes Imprimir postagem

Novembro Azul é tema de ações da CLN

Cerca de 500 mil usuários foram impactados por campanha na BA-099

Com o objetivo de sensibilizar os usuários da BA 099 sobre a importância do diagnóstico precoce e do tratamento do câncer de próstata, a Concessionária Litoral Norte (CLN), em parceria com o Grupo CAM, o Instituto Invepar e a Rota 99, plotou 13 cabines da praça do pedágio e 2 testeiras com mensagens educativas sobre o Novembro Azul. A iniciativa com a frase “Autoexame é importante. Exames diagnósticos também” já sensibilizou cerca de 500 mil pessoas que passaram pela praça do pedágio da BA-099 neste mês.

 
Entre 2016 e 2017, mais de 61 mil novos casos de câncer de próstata foram detectados no Brasil, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA). Essa é a doença mais comum entre os homens com mais de 50 anos no país.
 
Até o dia 30, a CLN promoverá também uma campanha de comunicação interna sobre a saúde masculina com murais educativos, e-mail marketing, além de Diálogo Diário de Saúde (DDS) e Segurança no Trabalho. Aproximadamente 300 colaboradores diretos e indiretos serão beneficiados pelas ações
 
Sobre a CLN
 
A Concessionária Litoral Norte (CLN), uma empresa Invepar Rodovias, faz a gestão da rodovia BA-099, que compreende a Estrada do Coco e a Linha Verde, conectando Lauro de Freitas até a divisa dos Estados da Bahia e Sergipe, com extensão total de 217 km, entre 183 km de rodovias e 35 km de vias de acesso. A empresa presta serviço para o Governo do Estado da Bahia e é fiscalizada e regulamentada pela AGERBA (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia). Atualmente a Concessionária gera cerca de 300 empregos diretos e indiretos e já repassou mais de 23 milhões de reais em impostos para os municípios da região. 

Juliana Souza


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.