Curta a nossa página
07/11 11h50 2017 Você está aqui: Home / Política Portal Abrantes Imprimir postagem

Três prefeitos da Bahia são suspeitos de fraudes em licitações que somam R$ 200 milhões

Três cidades do Extremo Sul da Bahia - Eunápolis, Santa Cruz Cabrália e Porto Seguro - estão sendo alvo na manhã desta terça-feira (07) de uma operação da Polícia Federal (PF) que investiga  contratos fraudados em valores de aproximadamente R$ 200 milhões. Duzentos e cinquenta policiais federais e 25 auditores da Controladoria-Geral da União (CGU) participam desde as primeiras horas da manhã de hoje.


As investigações apontam que os prefeitos Claudia Oliveira (PSD), de Porto Seguro; José Robério Batista de Oliveira (PSD), de Eunápolis; e Agnelo Santos (PSD), de Santa Cruz Cabrália – que são parentes –, usavam empresas de familiares para simular licitações e desviar dinheiro de contratos públicos. Claudia Oliveira e José Robério são casados.


As investigações sugerem que cerca de R$ 200 milhões em contratos públicos foram fraudados. Os recursos são provenientes do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate), do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e de convênios diversos para execução de obras.

Os três gestores foram afastados dos cargos por determinação da Justiça. A PF chegou a pedir a prisão deles, mas o Tribunal Regional Federal da 1ª Região negou. 

 


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Notícias relacionadas