Curta a nossa página
04/10 12h00 2018 Você está aqui: Home / Vôlei Portal Abrantes Imprimir postagem

Brasil vence Quênia e se classifica para segunda fase

A seleção brasileira feminina de vôlei está na segunda fase do Campeonato Mundial. Nesta quarta-feira (03.10), o Brasil venceu o Quênia por 3 sets a 0 (25/13, 25/10 e 25/16), na Hamamatsu Arena, no Japão. Foi o terceiro resultado positivo  das brasileiras na competição. A equipe do treinador José Roberto Guimarães luta por um título inédito.

O resultado manteve o time verde e amarelo em segundo lugar no grupo D, com nove pontos (três resultados positivos e um negativo). A Sérvia lidera, com 12 pontos (quatro vitórias). A República Dominicana está em terceiro, com seis pontos (duas vitórias e duas derrotas).

O Brasil voltará à quadra às 7h20 desta quinta-feira (04.10) contra o Cazaquistão para encerrar a participação na primeira fase do Mundial. O SporTV 2 transmitirá ao vivo.

A partida desta quarta-feira foi especial para a ponteira Natália. Depois de quase oito meses, ela participou de dois sets inteiros como titular e terminou o confronto como a maior pontuadora, com 12 acertos (seis de ataque, quatro de saque e dois de bloqueio). A jogadora falou sobre o momento especial e a vitória do Brasil.

“Essa partida foi um jogo bom para recuperarmos a nossa confiança. Melhoramos alguns pontos como a relação entre o bloqueio e a defesa, além do saque e a nossa agressividade. Foi um jogo bom e os três pontos são importantes para a nossa sequência no Mundial. Estou feliz de estar de volta também. Foi meu primeiro jogo quase inteiro depois de oito meses sem jogar e espero que possa ajudar mais o time na segunda fase”, disse Natália.

O treinador José Roberto Guimarães também comentou sobre a atuação da ponteira e capitã, Natália.

“Foi muito bom ver a forma que a Natália se comportou. Sabemos que ela está voltando, mas o ritmo que ela tem demostrado nos treinos e a forma que ela tem encarado esse desafio têm sido muito positivos. Ver a Natália de volta, atacando, bloqueando e defendendo é um motivo de muita felicidade para todos nós”, garantiu José Roberto Guimarães.

A levantadora Roberta ressaltou a importância do elenco brasileiro ao longo de todo o Mundial.

“Acho que temos esse ponto positivo de sermos realmente um time. Todo mundo está pronto para entrar e o Zé tem feito o time todo manter um bom ritmo. Tem vezes que o horário dos jogos não nos ajudam a treinar, mas tentamos manter o máximo possível de treinamentos. Esse é um campeonato cansativo, longo e desgastante. Temos que estar prontas e fico feliz que a inversão está dando certo”, disse Roberta.

O JOGO

O Brasil começou melhor e fez 5/3. Com uma boa largada da oposta Tandara, o time verde e amarelo abriu três pontos (9/6). A ponteira Fê Garay conseguiu um ponto de saque e as brasileiras alcançaram quatro pontos de vantagem (11/7). Quando o Brasil fez 14/8, o treinador do Quênia pediu tempo. No segundo tempo técnico, as brasileiras venciam a parcial por 16/10. Bem no bloqueio, as brasileiras mantiveram a vantagem no placar (18/12). O Brasil dominou a parcial até o final e, com um ace da central Bia, fechou o primeiro set por 25/13.

O Brasil veio para o segundo set com a ponteira Natália no lugar da campeã olímpica Fernanda Garay. Bem no bloqueio, o time verde e amarelo fez 5/1. Com Tandara eficiente no ataque, o Brasil abriu seis pontos (8/2). E também foi com um ace da oposta que o time verde e amarelo conseguiu sete pontos de vantagem (10/3). No segundo tempo técnico, as brasileiras venciam a parcial por 16/7. O Brasil seguiu sem dar chances para as africanas e venceu o segundo set por 25/10.

O time verde e amarelo manteve o domínio da partida no terceiro set e fez 8/2. Bem no saque e no bloqueio, o Brasil manteve a vantagem no placar (12/6). O time do treinador José Roberto Guimarães foi para o segundo tempo técnico vencendo por 16/8. O Brasil não deu chances para o Quênia até o final e levou a melhor no terceiro set por 25/16 e venceu o jogo por 3 sets a 0.

EQUIPES:

Brasil – Dani Lins, Tandara, Fê Garay, Gabi, Carol e Bia. Líbero – Suelen 
Entraram – Natália, Drussyla, Roberta, Rosamaria e Gabiru 
Técnico – José Roberto Guimarães

Quênia – Chemtai, Makuto, Murambi, Moim, Mukuvilani e Wanja Líbero – Wanyama
Entraram – Chepchumba, Kasaya, Wairimu e Kundu 
Técnico – Munala

Tabela – Primeira fase – Hamamatsu (Japão)

 29.09 (SÁBADO) – Brasil 3 x 0 Porto Rico (27/25, 25/12 e 25/7)
30.09 (DOMINGO) – Brasil 3 x 0 República Dominicana (25/15, 25/20 e 25/22)
01.10 (SEGUNDA-FEIRA) – Brasil 0 x 3 Sérvia (21/25, 18/25 e 19/25)
03.10 (QUARTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Quênia (25/13, 25/10 e 25/16) 
04.10 (QUINTA-FEIRA) – Brasil x Cazaquistão às 7h20 (Horário de Brasília) – SporTV 2


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.