Curta a nossa página
04/08 19h13 2018 Você está aqui: Home / Futebol Reuters Imprimir postagem

PSG atropela Monaco e conquista Supercopa da França pela 6ª vez consecutiva

O Paris Saint-Germain goleou neste sábado o Monaco por 4 a 0, em jogo disputado em Shenzen, na China, e conquistou pela sexta vez consecutiva o título da Supercopa da França, em partida que marcou o retorno de Neymar aos gramados, após a disputa da Copa do Mundo.

Com muitos reservas no time que começou o duelo, o PSG abriu o placar com o meia argentino Ángel Di María, aos 33 do primeiro tempo. Sete minutos depois, o jovem meia-atacante Christopher Nkunku ampliou.

Na etapa complementar, aos 22, o atacante americano Timothy Weah, outra promessa do clube, fez o terceiro do PSG. Di María reapareceu para fazer o quarto nos acréscimos, aos 47.

O último gol do Paris Saint-Germain saiu quando Neymar já estava em campo. O craque brasileiro, que se reapresentou anteontem ao clube, depois das férias, iniciou no banco e entrou no jogo aos 31 do segundo tempo, substituindo o meia italiano Marco Verrati.

Outros que estrearam na temporada pelo PSG foram os zagueiros Thiago Silva, que começou jogando, e Marquinhos, que entrou na etapa complementar. No Monaco, o único brasileiro foi o também zagueiro Jemerson, que ficou 90 minutos em campo.

Com a conquista de hoje, o clube da capital francesa não perde a Supercopa desde 2013, quando superou o Bordeaux, no Gabão. O sexto troféu consecutivo é o oitavo no total, que torna o Paris Saint-Germain o maior campeão da competição, ao lado do Lyon, com oito taças.

Ficha técnica.

Paris Saint-Germain: Buffon; Dagba, Rimane, Thiago Silva (Bernede) e Nsoki; Rabiot, Diarra (Marquinhos) e Verratti (Neymar); Nkunku, Weah e Di María. Técnico: Thomas Tuchel.

Monaco: Benaglio; Raggi, Jemerson, Glik e Serrano; Aholou, Tielemans e Pelé (Baldé Diao); Grandsir (Sofiane Diop), Jovetic e Ronny Lopes (Mboula). Técnico: Leonardo Jardim.

Gols: Di María (2) Nkunku e Weah (Paris Saint-Germain).

Cartão amarelo: Aholou (Monaco).

Árbitro: Ruddy Buquet (França).

Estádio: Shenzhen Stadium, em Shenzhen (China).


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados