Curta a nossa página
02/11 14h09 2018 Você está aqui: Home / Música Portal Abrantes Imprimir postagem

Vai começar o FITA - Festival de Itaparica - Música & Poesia

Chegou a hora de viver as emoções da  segunda edição do FITA - Festival de Itaparica - Música & Poesia, que será realizado de  2 a 4 de novembro, na Praça Jardim dos Namorados e nas ruas da cidade de Itaparica.  

Grandes shows, espetáculos de poesia, artes circenses, dança, fanfarras, manifestações culturais como afoxés, samba de roda e capoeira, exibição de vídeos, desfile de moda, doação de livros, carrinho multimídia, exposições de arte e artesanato, visita à restauração da Igreja do Santíssimo Sacramento e crianças das escolas do município recitando seus poemas. Tudo que é preciso para realizar um evento que representa em toda sua força a cultura baiana.

Realizado pela Prefeitura Municipal de Itaparica, através da sua Secretaria de Turismo e Cultura, o FITA foi idealizado pelo ator e produtor cultural Yulo Cezzar que é curador e diretor artístico do evento. “Estamos trabalhando muito, para que tudo dê certo, especialmente em relação às atrações locais. A horizontalidade e multiplicidade de atrações, permeada pela poesia, são a grande for&cc edil;a do projeto”, revela ele, em meio ao últimos preparativos.

O Festival de Itaparica está inserido na programação turística oficial do município, integrando o calendário festivo da cidade. Do ponto de vista institucional, o Festival reforça ainda a importância de Itaparica como centro regional de cultura, lazer e turismo, atraindo um público diverso e diferenciado.

A realização do Festival de Música e Poesia de Itaparica também movimenta a economia da cidade, trazendo benefícios para os comerciantes, com o aquecimento das vendas, para o setor de hotelaria, com a ocupação dos hotéis por turistas e visitantes, e para a comunidade, com a geração de emprego temporário, com a mão de obra local sendo absorvida para a execução de serviços diversos.

Para a prefeita Marlylda Barbuda o FITA é um evento que já nasceu grande. Ela conta que para realiza-lo todos os envolvidos tiveram que enfrentar e superar dificuldades. “Mas o esforço tem resultados positivos, pois o festival trouxe o sentimento de orgulho e pertencimento aos moradores da cidade”, declara ela.

Confira a programação completa :

Programação Fita 2018

Praça Principal

 

DATA

TURNO

ATRAÇAO / ATIVIDADE

 

 

 

 

 

 

 

02/Nov

 

Carrinho Multimídia

16:30

Grupo Meninos Renascendo (Samba de Roda, Maculelê e Capoeira)

17:00

Grupo de Capoeira Squiva N´Ativa - local

17:30

Artur Sales – Música local

17:45

Vagner Lima – Música local

18:00

FAMBOB-Fanfarra do Colégio Benedicto de Oliveira Barros

18:30

FANRAS - Fanfarra da Escola Raimundo Sacramento

19:00

Antônio Marinho – poesia - atração local

19:30

Maria Clara – Música – atração local

20:00

Nanda Ribeiro – Música - atração local

20:45

Os Guaranis – grupo cultural - atração local

________

Fala da Excelentíssima Prefeita Marlylda Barbuda

21:15

Circo - Dança Aérea e Performance

21:30

Alex Mesquita – Música estadual

22:15

“A Coisa”, com Jackson Costa – poesia estadual

23:15

Saulo – Música

 

 

Carrinho Multimídia

 

 

 

 

 

 

 

 

03/Nov

16:00

Vamos Dançar - Oito Coreografias - local

16:40

18 Poesias - local

17:30

Desfile de Roupas - local

18:15

Afoxé Obá - local

18:45

Banda Soft Wall – Música local

19:00

FAMJEFF-Banda Marcial da Escola Municipal José Fernando

19:30

Exibição 2 vídeos – Dela / Maria Felipa

19:45

“Récita para a Esperança, com Maria Prado de Oliveira – poesia estadual

20:15

Circo - Dança Aérea e Performance

20:30

Banda Limusine – música estadual

21:15

Henrique Moura – música - atração local

22:o

Gal Costa – música

23:00

Muriquins – poesia estadual

23:45

Margareth Menezes – música

 

 

 

 

 

 

Carrinho Multimídia

 

 

 

04/Nov

16:00

Samba de Roda das Mulheres – local

16:20

Samba de Roda dos Idosos – local

16:40

Grupo Aparaka - local

17:00

Grupo Samba de Roda Pedra da Marykuara - local

17:30

Grupo A Maré – local

17:50

Grupo Quinta Esquina – Música local

18:15

Ilê Aiyê

19:00

Vídeo de Zé Pescador

19:10

Representante da Casa dos Empreendedores – doação livros

19:20

Guiga – poesia local

19:30

Banda Artesanal – local

19:45

Depression – Música local

20:00

Fanfarra Falcoes da Ilha da Escola Edilson Freire

20:30

Bonecos de Cordas – Música - atração local

21:10

Circo - Dança Aérea e Performance

21:30

Edlo Mendes – Poesia estadual

21:50

Discípulos do Rap – Poesia - atração local

22:30

Banda Mentesnaativa - Música - atração local

23:10

Diamba – Música

 

 

Programação Fita 2018

Rua / Praia

 

DATA

TURNO

ATRAÇAO / ATIVIDADE

 

 

02/Nov

16:00

ARTES PLASTICAS

Fabio Duarte

 

OBS: Entre os Boxes de artesanato

16:00

ARTESANATO

Afonso Santana

 

 

 

 

 

03/Nov

16:00

ARTES PLASTICAS

Fabio Duarte

 

OBS: Entre os Boxes de artesanato

16:00

ARTESANATO

Afonso Santana

 

 

10:00

Visita à restauração da Igreja do Santíssimo Sacramento (Matriz) - 15 (Quinze pessoas)

 

 

 

 

 

04/Nov

16:00

ARTES PLASTICAS

Fabio Duarte

 

OBS: Entre os Boxes de artesanato

16:00

ARTESANATO

Afonso Santana

 

 

Carrinho Multimídia

 

Assessoria de Imprensa FITA – Doris Pinheiro – 71 98896-5016

@prefeituraitaparica

Informação sobre os artistas :

02/11 (sexta-feira)

Alex Mesquita    O violonista e guitarrista Alex Mesquita apresenta no FITA o show “O Som das Coisas” onde apresenta composições autorais e versões de sucessos da música popular brasileira. O show explora as habilidades instrumentistas do músico, mostrando sua ampla influência musical , que conta com ritmos desde as chulas e sambas de roda do Recôncavo baiano, às músicas eruditas e contemporâneas, frutos de sua experiência nos Estados Unidos e Europa.

Os Guaranys – O grupo cultural nativo de Itaparica é o principal guardião da festa do Caboclo Tupinambá, que, desde 1939, comemora anualmente aos 7 de janeiro a independência, na Ilha de Itaparica. Os Gua ranys trabalham em prol da preservação de uma importante manifestação cultural e abrem oficialmente o festival.

Jackson Costa -  O ator apresenta “A Coisa”, que tem como proposta princ ipal musicalizar textos da rica tradição oral da poesia brasileira e portuguesa. Gregório de Mattos, Castro Alves, Fernando Pessoa, Augusto dos Anjos, Carlos Drummond de Andrade, José Delmo e Ramon Vane, entre outros, terão seus poemas interpretados e acompanhados por uma banda de música popular contemporânea – formada por sintetizador, teclado, guitarra, baixo e percussão.

Saulo – O cantor e compositor sobe ao palco do FITA com seu show “Saulo, Som e Sol”, que celebra 16 anos de Axé Music e é inspirado no pôr-do-sol da Baía de Todos os Santos, nada mais indicado para uma apresentação no Festival de Itaparica. Sucessos da carreira e novas composições do seu mais novo disco “O Azul e o Sol”.

03/11 (sábado)

Maria Prado de Oliveira – “Récita para a Esperança” é o espetáculo que a produtora e gestora cultural, atriz, escritora e filósofa faz no FITA. Poesias autorais e de grandes autores brasileiros serão declamados pela multiartista.

Banda Limusine – Com uma programação musical que mistura humor, performance e canções da Jovem Guarda, os atores/cantores Diogo Lopes Filho e Evelin Buchegger comandam o vocal da Banda Limusine num show dançante embalado por sucessos da década de 1960 que se tornaram conhecidas nas vozes de cantores como Diana, Roberto Carlos, Celi Campelo e Perla. Auxiliados pelas atrizes Luisa Prosérpio e Vanessa Mello como backings, levam para o palco o humor e a carga dram&aacute ;tica inspirada por cada uma das canções do repertório. A Banda é formada ainda por Candido Soto (guitarra), Zito Moura (teclados), Jerry Marlon (baixo) e José Dantas (bateria).

Muriquins – “Gênero, Classe e Raça” é o show que marca a mais recente fase de trabalho da banda. O espetáculo traz como ponto forte a reverência à música negra que vem sendo produzida no Brasil. A apresentação tem uma abertura impactante, que abarca uma referência ao mundo negro, através de pontos entoados pelas re ligiões de matriz africana, bem como de canções do cancioneiro popular. Tudo isso é temperado pelos riffs de guitarra e por elementos percussivos e também harmônicos que estão presentes na música brasileira contemporânea.

 

Gal Costa – No FITA Gal faz o espetáculo intimista "Espelho d'Água", acompanhada apenas pelo violonista e guitarrista carioca Guilherme Monteiro.O repertório foi escolhido a quatro mãos pela cantora e pelo jornalista Marcus Preto, que também divide com Gal a direção do espetáculo.O roteiro se concentra nos temas que se tornaram clássicos na voz da cantora. Desde a primordial “Coração Vagabundo” (Ca etano Veloso), canção que abria o primeiro álbum de Gal, “Domingo” (1967), até alguns de seus maiores sucessos, como “Folhetim” (Chico Buarque), “Vaca Profana” (Caetano Veloso), “Sua Estupidez” (Roberto e Erasmo Carlos), “Volta” (Lupicínio Rodrigues) e “Baby” (Caetano Veloso).Apesar das características intimistas do espetáculo, Gal busca na guitarra e no violão de Guilherme Monteiro a mesma sofisticação de seus shows com banda, conciliando sempre delicadeza e intensidade.

Margareth Menezes – A cantora e compositora baiana apresenta seu show “Rebeldia”, onde canta canções de artistas que influenciaram sua carreira, sua maneira de pensar, que são referência para ela. Belchior, Fagner, Zé Ramalho, mas também Carlinhos Brown, Baiana System e Jorge Portugal, Chico César, Zeca Baleiro e Lenine. A lém disso Margareth apresenta músicas autorais.

04/11 (domingo)

Diamba – 

...


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.