Curta a nossa página
11/03 00h16 2018 Você está aqui: Home / Cultura DaRedação Portal Abrantes Imprimir postagem

Mudança na festa de Arembepe divide opinião entre os ambulantes

O evento começou na sexta-feira (9) e termina neste domingo (11)

A Festa de Arembepe, que neste domingo (11), completa a terceira noite, além de celebrar o tema "50 anos de Movimento Hippie, trouxe algumas novidades e alterações  como a troca dos trios elétricos por minitrios, as grandes atrações que se apresentavam na avenida foram para a arena na Praça das Amendoeiras.  A mudança dividiu opinião entre ambulantes.

O ambulante, Rogerio dos Santos, que há 14 anos vende cerveja no evento contou que a mudança pra ele foi positiva.

"Esse ano melhorou 90%, estamos trabalhando numa boa, o público caiu, mas as vendas melhoraram, isso quer dizer que qualificou também o público", disse. 

Há 15 anos trabalhando como ambulante na festa, Elane Lourdes, moradoradora Parque Verde, disse que teve prejuizos com as modificações. 

"Pra mim foi uma negação porque eu paguei R$ 35, 00, e não podemos sair do lugar, quem não pagou tomou conta. Ainda venderam cerveja mais barata. Antes era melhor, essa mudança não foi boa pra mim", reclama Elane.

"Não vendi nenhuma batata frita, nunca tivemos uma festa ruim dessa. Não foi instalado a energia, vendi pouco, e estou levando pra casa a maior parte dos produtos. Foi uma perda grande, e a causa foi energia que não foi instalada, disse Angeilda Souza, que mora em Abrantes há 28 anos. "Estou catando e juntado latinha para diminuir meu prejuízo.

Ana paula, que é moradora de Salvador, mas já vende cerveja a alguns anos na festa, não gostou das alterações e reclamou também da falta de energia, e o movimento com retirada dos grandes trios.

O coordenado de eventos da Prefeitura de Camaçari, Luiz Mário, falou que a mudança foi um pedido da comunidade.

"A prefeitura tem que pensar na maioria, e a maioria é a comunidade. A comunidade vinha pedindo para diminuir o tamanho da festa, diminuimos com trios elétricos menores, deixamos mais espaços para as pessoas. Quem for na Praça das Amendoeiras vai ver muitos famílias participando, os idosos voltaram a frequentar da festa", pontuou o coordenador

Quanto aos problemas com o Palco Costa de Camaçai, que seria montado na areia da praia, Luiz Mário disse que muita gente não entendeu o conceito do palco.

"houve questão política, as pessoas não entenderam o conceito do palco na praia. Uma menoria por questão politica se envolveu no processo, mas está tranquilo. A prefeitura fez a parte dela, tinha licênciamento do Ibama, não deu certo, mas quem sabe no próximo".

Ainda segundo o coordenador, o prefeito Elinaldo tem pautado, que o evento gere emprego e renda para o municipio. Então tem muitas outras ações em toda Costa de Camaçari, principalmente Arembepe que comemora os 50 anos da Movimento Hippie.

 


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.